SABIA QUE...

A biodiversidade pode ajudar a reduzir o uso de pesticidas no olival?

Muitas vezes os agricultores olham para as áreas naturais, semi-naturais, não cultivadas, vegetação espontânea das margens e sub-cobertos do olival como um custo acrescido ou uma perda económica. No entanto se avaliarmos os benefícios da manutenção e conservação destes habitats/vegetação em termos do controle natural de pragas, a perspetiva pode ser diferente. Estes habitats/ vegetação fornecem recursos (alimentos alternativos) e abrigo aos inimigos naturais (parasitoides e predadores) das pragas, atuando como um importante reservatório de múltiplos inimigos naturais que colonizam o olival e realizam um controle natural das pragas.

Alguns estudos mostram que quando o entorno favorece a conservação desses inimigos naturais pode haver um aumento no rendimento da cultura na ordem dos 190€/ha (Paredes et al. 2019).

De um modo geral, paisagens simplificadas e dominadas por culturas que estão sobre uma pressão constante de aplicações de inseticidas e/ou outros distúrbios afetam negativamente a abundância e diversidade dos inimigos naturais nas culturas. Sendo por isso de esperar um maior controle biológico natural em campos inseridos numa paisagem complexa, em olivais em modo de produção biológico com coberto no solo e vegetação natural adjacente, dando suporte à hipótese de habitat complexo (Bianchi et al 2006).

Esta hipótese, sugere que paisagens complexas, pouco fragmentadas, com alta proporção de habitats naturais e/ ou semi-naturais, e uma gestão da cultura adequada aumentam as populações de inimigos naturais. Assim sendo, uma maior biodiversidade pode ajudar a reduzir consideravelmente o uso de pesticidas.

Muitos dos olivais em Trás-os-Montes estão em modo de produção biológico e inseridos numa paisagem complexa e com gestão do coberto do solo, podendo por isso beneficiar deste serviço do ecossistema, o controle biológico natural.

 

Referencia

Bianchi FJJA, Booij CJH, Tscharntke T (2006) Sustainable pest regulation in agricultural landscapes: a review on landscape composition, biodiversity and natural pest control. P Roy Soc B Biol Sci 273:1715–1727.

Paredes D, Karp DS., Chaplin-Kramer R, Benítez E, Campos M (2019) Natural habitat increases natural pest control in olive groves: economic implications. J Pest Sci 92: 1111-1121.

 

Avenida Cidade de Léon, 506
5301-358 Bragança

+351 300 081 998
+351 300 081 999

geral@morecolab.pt

Cofinanciado por: